Covid-19 faz Ubirany sua vítima , sambista morre aos 80 - CARNA BH

sábado, 12 de dezembro de 2020

Covid-19 faz Ubirany sua vítima , sambista morre aos 80

Eterno sambista, estrela reluzente.

Covid-19, deixa orfão o "Fundo de Quintal".

Fonte: G1

Considerado o maior revolucionista do samba nos anos 1970, inovando a forma de ser sambista e no trato dos instrumentos no seguimento. Ubirany introduziu o repique de mão universo do samba, instrumento que deu identidade única ao grupo que também fundou, “Fundo de Quintal”, de 1970.

Ubirany foi cantor, instrumentista e compositor e foi vítima de covid-19.  Morre aos 80 anos no rio, internado por mais de uma semana na Casa São Bernardo, na barra da tijuca, na zona oeste. O ritmista foi um revolucionário que mudou o mundo do samba com o toque do repique de mão. 

Como compositor, o artista deixa cerca de 15 sambas, alguns compostos anos antes do Fundo de Quintal.

A obra autoral do sambista inclui Amor maior (parceria com Arlindo Cruz lançada em 1987 pelo grupo), Nova esperança (composição de 1984 assinada com Adilson Victor e Mauro Diniz) e Sempre Brasil (parceria com Neoci Dias apresentada e disco de 1971).

Além de compor e tocar, Ubirany sempre cantou no Fundo de Quintal, unindo a voz às dos outros ritmistas.


Fonte G1

Até breve mestre. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário