Dezembro 2020 - CARNA BH

sábado, 12 de dezembro de 2020

Covid-19 faz Ubirany sua vítima , sambista morre aos 80

00:10 0
Covid-19 faz Ubirany sua vítima , sambista morre aos 80

Eterno sambista, estrela reluzente.

Covid-19, deixa orfão o "Fundo de Quintal".

Fonte: G1

Considerado o maior revolucionista do samba nos anos 1970, inovando a forma de ser sambista e no trato dos instrumentos no seguimento. Ubirany introduziu o repique de mão universo do samba, instrumento que deu identidade única ao grupo que também fundou, “Fundo de Quintal”, de 1970.

Ubirany foi cantor, instrumentista e compositor e foi vítima de covid-19.  Morre aos 80 anos no rio, internado por mais de uma semana na Casa São Bernardo, na barra da tijuca, na zona oeste. O ritmista foi um revolucionário que mudou o mundo do samba com o toque do repique de mão. 

Como compositor, o artista deixa cerca de 15 sambas, alguns compostos anos antes do Fundo de Quintal.

A obra autoral do sambista inclui Amor maior (parceria com Arlindo Cruz lançada em 1987 pelo grupo), Nova esperança (composição de 1984 assinada com Adilson Victor e Mauro Diniz) e Sempre Brasil (parceria com Neoci Dias apresentada e disco de 1971).

Além de compor e tocar, Ubirany sempre cantou no Fundo de Quintal, unindo a voz às dos outros ritmistas.


Fonte G1

Até breve mestre. 


quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

FELIPE MARINHO DEIXA O GRÊMIO CANTO DA ALVORADA CAMPEÃ DE 2020

19:23 1
FELIPE MARINHO DEIXA O GRÊMIO CANTO DA ALVORADA CAMPEÃ DE 2020
Campeão dos desfiles de carnaval das escolas de samba de BH em 2020, Felipe Diniz , enredista anuncia sua saída do grêmio. Com o enredo campeão de BH/2020, " Ronaldo Fraga - Memórias de um Estilista Coração de Galinha", escrito por ele  deixa sua marca na escola que o recebeu de braços abertos. 
Foto de  Claudinei Souza, Felipe Diniz em desfile campeão 2020 GRES-Canto da Alvorada - fonte: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2910917739030622&set=t.1828783392&type=3

A parceria entre o enredista  Felipe Diniz Marinho com a escola de samba Canto da Alvorada, campeã do carnaval de Belo Horizonte  2020 chega ao fim  com harmonia. Felipe Diniz que possui vasta experiência nos carnavais  do Brasil  e mesmo com o ano de pandemia sua agenda  está confirmada nos carnavais, principalmente o de São Paulo. 

Em entrevista ao CarnaBH,  Maria Elisa de Moraes, Diretora de Carnaval da agremiação relatou : "Felipe Diniz é um Grande Pesquisador e Enredista do carnaval Brasileiro. Com tão pouca idade, carrega uma bagagem cultural gigante. É uma enciclopédia do Carnaval. A história contada através de sinopse nas mãos de Felipe ganha vida própria. Só de ler você já viaja em um contexto carnavalesco. Você já enxerga claramente a proposta que será apresentada por uma Agremiação. Relatou.

Foto de Felipe Marinho  com Elisa, fonte: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1166383643550094&set=t.1828783392&type=3

Questionada sobre a saida de Filipe da produção da escola ela responde: "É um misto de sentimentos. Tristeza pela saída de um profissional gabaritado e a felicidade por termos trocado experiências. Felipe é um menino que tem asas, ele precisa voar. Não pode ficar preso." concluiu a Diretora Maria Elisa.

"Felipe foi fundamental a conquista do título e que apresentou um trabalho belíssimo à agremiação. A escola a aprovou e nos levou a conquista de mais um título para nossa história." 

A despedida 

foto: Felipe Diniz, Ronaldo Fraga, Presidente Carlos Damasceno e Maria Elisa

O sentimento de  gratidão de ambas as partes é reciproco.

"Gratidão, esta é a palavra a ser usada, foram dois anos como enredista e pesquisador oficial da Canto da Alvorada, um vice e um campeonato, além de dois troféus de melhor enredo,  que tive a honra de participar e contribuir com toda a equipe. Por decisão e responsabilidades minhas, resolvi me afastar da agremiação após conversa amigável com o presidente da escola e sua primeira dama, que entenderam de forma calorosa meu posicionamento para 2021. Afinal são 16 anos de amizade com  os dois, e cumplicidade com uma escola de samba que não cheguei a apenas 2 anos, falo honrosamente da madrinha do GRCES.FORÇA REAL. Me afasto do cargo da instituição, mas não dos amigos que  fiz, obrigado Canto da Alvorada que honrou comigo todos os seus compromissos , que acrescentou meu currículo e que me ensinou uma nova maneira de gestão de carnaval. Saio enriquecido, saio agradecido, pela porta da frente como disse o presidente Carlos Damasceno que as garantiu sempre abertas, saio rumo a novos projetos e como diz a minha amiga e primeira dama Maria Elisa Morais “ É hora de se reinventar “  Obrigado ! Obrigado ! Obrigado !  OBS: Não terminaria o texto seu deixar um caloroso abraço ao Marcos Paulo e a Luciana Alba , brilhem !" “ Chegou a hora de recomeçar “.   Att: Felipe Diniz Marinho - Enredista e pesquisador.


Futuro 2021

Felipe já está se preparando para 2021:
 "Neste momento  estou avaliando propostas recebidas de outras escolas de samba da cidade e que tudo indica que haverá prováveis parcerias novas para o carnaval de BH em 2021 caso ocorra o nosso carnaval."..." quero está 100% dedicado aos trabalhos que possa a vir  assumir para o próximo ano, como sempre dediquei a todos os outros." 

O CarnaBH deseja sucesso ao enredista em 2021.