CANTO DA ALVORADA CARNAVAL 2019,JÁ CANTA - "OS CANTOS E ENCANTOS DE UM SER CRIANÇA NA ALVORADA DE UM NOVO MUNDO" - CARNA BH

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

CANTO DA ALVORADA CARNAVAL 2019,JÁ CANTA - "OS CANTOS E ENCANTOS DE UM SER CRIANÇA NA ALVORADA DE UM NOVO MUNDO"

 CANTO DA ALVORADA CARNAVAL 2019.

"OS CANTOS E ENCANTOS DE UM SER CRIANÇA NA ALVORADA DE UM NOVO MUNDO"


Era muito esperado o momento em que fosse publicado o enredo da escola e enfim saiu, para a surpresa e felicidades de todos. 
Agora é para valer, rumo ao carnaval de 2019. 

https://www.facebook.com/GRES.CANTODAALVORADA/photos_albums




https://www.facebook.com/GRES.CANTODAALVORADA/photos_albums
Dia 22 de Setembro a escola escolheu seu tema para o Carnaval de 2019.
Veja a sinopse entre no novo mundo da criançada. 

Sinopse:
Era uma vez um mundo sem magia, sem brilho, sem fantasia...
Um mundo onde as crianças e adolescentes não sorriam...
Era uma vez uma história sem fim, onde crianças e adolescentes não tinham seus direitos à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade, à convivência familiar e comunitária, assegurados com a mais absoluta prioridade.
E nessa triste história, entra um “SER CRIANÇA” desamparado por leis, sem sonhos, sem projetos, desacreditado que ele será o futuro da Nação.
Um dia esse Ser Criança ouviu uma história, onde contava que seguindo o caminho dos tijolos amarelos, encontraria o arco-íris, onde o mundo da Proteção o ajudaria a crescer e, ter seu desenvolvimento na sociedade em que vive. Seu direito, já estaria efetivado e ali ele encontraria amparo, proteção e segurança.
Infelizmente o nosso Ser Criança foi alertado, que o mundo não era somente um conto de fadas, onde todos eram bonzinhos. Ele descobriria que monstros ainda existiam, mas que no final, o bem venceria o mal.
Ele perguntou: Por que?
Neste momento, o nosso “Ser Criança” adormeceu e sonhou….

https://www.facebook.com/GRES.CANTODAALVORADA/photos_albums

PRIMEIRO SETOR: 
CONTO CELESTIAL: UMA LÚDICA INSPIRAÇÃO PARA UMA HISTÓRIA REAL.

“Você verá que é mesmo assim
Que a história não tem fim
Continua sempre que você responde "sim"
À sua imaginação
À arte de sorrir cada vez que o mundo diz "não"
Maria Bethânia

De repente as formas se distorcem, nem tudo é tão real quanto antes e a Matriz da Vida, surge em suas lembranças mais profundas...
Abrem-se os Portais do sonho e tudo é possível, tudo é fantástico, extraordinário! Tudo pode acontecer nesse sonho, tão real quanto a realidade em que vivemos...
Ao abrir os olhos, nosso Ser Criança se vê em um mundo diferente, e foi abordado por seres, chamados de “Guardiões dos Sonhos Infantis”.
Caberia a esses Guardiões levar à sábia e esperta criança, às suas respostas mais profundas com segurança...
Logo de início o nosso Ser Criança presencia a batalha do bem contra o mal, do bom contra o mau.
Nesse bailado único, as energias se encontravam como uma dança, como um balé. E em meio a tanto dissabor, ele avista um reino tão lindo de longe, mas tão triste de perto, sem cores e sem vida, sem cheiros e nem gostos! Um lugar que precisava reencontrar a felicidade e a alegria de viver.
Em meio à batalha do bem contra o mal, surgem quatro monstros, que o assustam.
Tão temidos e tão malvados, que crianças e jovens jamais mereceriam saber da sua existência.
O primeiro monstro se apresentou cruel e disse: “Não apenas posso te tocar fisicamente, mas virtualmente posso ser o seu maior pesadelo”. Sou um monstro, presente em toda parte, até mesmo dentro do seu lar e, se você me revelar, uma maldição eu vou te dar.
Nesse momento a batalha se desfaz pois, o bem vence esse monstro do mal, demonstrando ao nosso Ser Criança que denunciar é preciso.
O segundo monstro, com seu olhar sombrio disse: “Te mostro as melhores guloseimas, mas não te dou nenhuma delas. A vontade será sua maior inimiga, aliado à fome, porque para mim, criança e adolescente não tem prioridade.
Nosso Ser Criança começa a enfrentar conflitos internos, permeados por imagens do passado e perspectivas de um futuro.
O terceiro monstro, talvez o mais sombrio de todos, lhe disse: “Te ofereço um sono eterno, um sono sem vida, sem cores, e a sua aquarela pode descolorir-se a qualquer momento”.
Então, o quarto e último monstro aproxima e diz: “Não te dou o descanso, o lazer, a alegria, não te dou o prazer de brincar, apenas me sirva. Trabalhe e atenda aos meus pedidos”.
Frente à realidade apresentada pelos monstros, nosso Ser Criança, estava perdido e desamparado em seus próprios sonhos, sem saber para aonde ir e como agir. O sonho de respostas de uma vida, se tornavam pesadelos e seus caminhos repletos de espinhos.
Era preciso quebrar a doutrina da situação irregular do “Código de Menores”, que tratava a criança e o adolescente como objetos. Era necessário trata-los como sujeitos de direitos.
O nosso Ser Criança percebeu que era preciso gritar por socorro, chamando atenção, para que as lágrimas de outras crianças e adolescentes não derramassem, assim, como as suas um dia derramou.
Mas a esperança, o desejo de vencer e a vontade de entender o fez caminhar pelo árduo trajeto da vida, que mesmo fora da realidade o levou a buscar a tal felicidade...

https://www.facebook.com/GRES.CANTODAALVORADA/photos_albums

SEGUNDO SETOR: EM BUSCA DA “FELIZCIDADE”

“Perguntei pro céu
Perguntei pro mar, pro mágico chinês
Mas parece ninguém sabe, aonde a felicidade
Resolveu de vez morar
Até que um anjo me disse, que ela existe
Que é tão fácil encontrar”
Trem da Alegria

Sonhar é possível e viver é real.
Novos caminhos, levam nosso Ser Criança, a novos personagens, e ela descobre que não estava sozinha e que existem seres “mágicos “que lutam silenciosamente contra à maldade que assolam os seus sonhos.

Uma luz surge e revelam Seres Encantados, que vieram até ele dizendo:
Somos Seres do bem, protegendo aqueles que estão em processo de formação e desenvolvimento. Somos aqueles que te afagam e te mostram o caminho da verdade com segurança.
E eles então se apresentaram.
O primeiro Ser Encantado diz: “Acalme-te! Temos que acreditar, existe a Lei Maior. Ninguém sairá impune se cometer alguma violação de direito, contra uma criança ou um adolescente.
Lágrimas não serão mais derramadas, sofrimentos serão abolidos, torturas serão punidas.
O mau compreenderá que a Lei deverá ser cumprida integralmente.
Deixo escrito em suas mãos as leis que o defenderão.
Palavras mágicas que te darão o direito de sorrir novamente.
Vocês serão reconhecidos como sujeitos de direitos e não mais meros objetos de intervenção social e jurídica, por parte da família, sociedade e do Estado.
Utilize-as quando achar necessário! Elas te defenderão e se for preciso, novas Leis de prevenção, serão criadas.

O segundo Ser Encantado demonstrou serenidade e calmaria, e então disse: “Te entrego o Dom do Saber. Aprenderás a ler e a escrever, terás seu nome no papel e irá com as palavras, conquistar até mesmo o espaço sideral! Comigo você terá o pleno desenvolvimento, o preparo para o exercício da cidadania e qualificação profissional.
Venha comigo e encontrarás sempre as respostas para as suas perguntas! Me chamo Direito à Educação”.
Nesse momento, nosso Ser Criança se deu conta de que além dos Seres Iluminados, um exército de Soldadinhos de Chumbo caminhava rumo à cidade que ele deixou para trás, prontos a combater todo o mau que ali estava, e ele passou a não se sentir mais sozinho.
Ele viu que por aonde quer que fosse, haverá sempre Seres do Bem, dispostos a combater toda maldade, toda injustiça, toda violação de direitos, florindo os caminhos, que por um dia ele passou, para proteger outras crianças e adolescentes que por ali passariam.
O terceiro Ser Encantado então se apresenta, sorrindo e diz: “crianças e adolescentes possuem atendimento prioritário, direito a crescerem saudáveis, com proteção à vida desde o nascimento, para o desenvolvimento sadio e harmonioso em condições dignas de existência.
Seu direito começará desde à concepção.

Pode me chamar de direito à Saúde!”.
Foi quando o quarto Ser Encantado, estendeu as mãos e disse: “Te ofereço a proteção de um Lar Doce Lar. Você será amado, sentirá amparado e protegido de todo e qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório e constrangedor. Garantirei sua dignidade e a convivência familiar”
Por um mundo de sonhos, nosso Ser Criança resolve mudar suas crenças, obtendo respostas e volta a acreditar num futuro melhor.
Entendeu que a vida gira como uma roda gigante, ou como um carrossel, e, que a alegria trazida por ventos distantes, baila como a poesia, ao som de uma sinfonia imortal regida pela esperança por novos dias...
A “felicidade” deve ser explorada, ser saboreada, “com gosto de chocolate, perfume de frutas exalado pelo ar e cheiro de terra molhada”.
Nesse mundo feliz descobriu que há o direito ao lazer, pois a necessidade de brincar e praticar esportes existe dentro de toda criança e adolescente.
https://www.facebook.com/GRES.CANTODAALVORADA/photos_albums

TERCEIRO SETOR: 

VIVER É UM DIREITO...

“Eu fico com a pureza das respostas das crianças:
É a vida! É bonita e é bonita!”
Gonzaguinha
“Abracadabra”!

A magia e o encantamento se fazem presentes.
Nosso Ser Criança redescobre a alegria de viver...
Sua última pergunta, sua última indagação, seu último questionamento, deveriam ser respondidos.
Por que tantas provações diárias?
Por que tanto sofrimento na vida das crianças, e adolescentes?
Por que é preciso ter sangue derramado para podermos ser enxergados como pessoas em condição peculiar de desenvolvimento?
Queremos ser amados, não temos esse direito?
Foi quando sua Fada Madrinha apareceu e lhe disse:
“Três desejos, três encantamentos! Te dou o direito a vida. Acreditar é preciso, sonhar é tão belo quanto viver!
A vida é a dádiva!
Um “Colossal Obra da Criação”, e aqueles que possuem esta dádiva, são herdeiros de um mundo chamado paraíso...

https://www.facebook.com/GRES.CANTODAALVORADA/photos_albums

A herança da ancestralidade é passada para cada geração, num constante ciclo sem fim, de vida gerando vida. Se você recebe amor, transmitirá amor.
As provações são impostas pelo destino, mas nos deixam mais fortes no decorrer de nosso caminho em busca de nos tornemos seres melhores. De “Um Ser Criança”, “Um Ser Adolescente”, “Um Ser Adulto”, a um “Ser Humano” honesto, trabalhador e que honre sua família e crenças, que ame ao seu próximo como a si mesmo e, que ajude a transformar o mundo.
Entenda que a vida é um imenso palco iluminado, onde você chora e também sorri, onde seus desejos se tornam realidades, com estudo, aprendizado, dedicação na hora certa e na medida correta.
Seus direitos serão revelados.
Brinque como se o amanhã não existisse. Sorria com a alegria de um palhaço de circo que preserva no olhar a inocência de um ser de luz.
Aprenda que o sorriso é o espelho da alma, o guardião da alegria e da felicidade!”
A Fada Madrinha então entregou ao nosso Ser Criança um livro encantado, chamado: “Estatuto da Criança e do Adolescente” e disse que esse encantado livro, era protegido por inúmeros guardiões espalhados por 05 Regiões e que esses eram detentores das palavras que deveriam elevar a consciência de todos.
E, se é verdade, que quem lê viaja, e a leitura, o conhecimento, e a sabedoria estão ao seu lado, a partir daí entenderá que a pureza e a beleza da vida, como diz o poeta, esta na resposta das crianças...
https://www.facebook.com/GRES.CANTODAALVORADA/photos_albums

QUARTO SETOR:

 DO SONHO AO DIREITO - A MAGIA DA VIDA É REAL!

“Além do arco-íris
Só eu sei
Que o amor
Poderá me dar tudo que eu sonhei”
Luiza Possi

Nosso Ser Criança descobre então, que poderá transformar a vida de tantos jovens, assim como ele um dia sonhou em transformar a sua. Dessa forma, a estrada de espinhos que ele um dia caminhou, se tornará uma estrada de tijolos amarelos...

Neste momento ele entendeu que havia crescido, que era um ser de luz, mas que não poderia deixar adormecer a criança guardada em seu coração.
Hoje, aqui, ele é o “Super. Herói”, a defender aqueles que assim como ele, um dia buscaram respostas.
Caberia ao nosso Ser Criança a missão de dar vida às personagens imortais, como num tributo a grandes gênios.
Dançariam em meio a um “Reino de Palavras”, num Brasil defendido por “Guerreiros da Literatura”.
Despertando Monteiro Lobato, num bailado de Emília e Visconde de Sabugosa, o imortal Sítio estaria novamente de porteiras abertas para a fantasia.
Erguendo-se das páginas da história, Ziraldo, que através de seu Menino Maluquinho interior, mostrou a todos a importância de uma infância feliz e com brincadeiras.
Os sonhos ultrapassam as fronteiras da imaginação, nos revelando encantamentos além da nossa cultura.
https://www.facebook.com/GRES.CANTODAALVORADA/photos_albums

Com o “Pequeno Príncipe”, aprendemos que tornamos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos, e proclamamos: “Todo Menino é um Rei”!
E aquela, já velha estrada de espinhos, outrora substituída por lindos e reluzentes tijolos amarelos, nos revelam então, “um reino de faz de contas”, uma Terra Mágica e um desejo imortal: Que o Mundo do Futuro, se torne uma Encantada e Mágica Terra de Oz. Um Mundo de Fantasias e Ilusões...
No desejo mais profundo do Ser Criança que segue o caminho de tijolos amarelos, perdido num tempo e num espaço, enfrentando bruxas e monstros do imaginário ou do mundo real, nossa Criança, segue seu destino, colocando corações nos “homens de lata”, cérebro nos “espantalhos sociais”, e coragem para enfrentar “as feras” de um mundo desigual.
Com esse Enredo, homenagearemos os quase 30 Anos do Sagrado Livro do Estatuto da Criança e do Adolescente, comemorando com a certeza de que um conto não é apenas um conto, mas a realidade de milhões de crianças e adolescentes espalhados pelas ruas e esquinas desse “mundão” em busca de sua estrada de tijolos amarelos e na esperança por dias melhores, e o sonho de ouvir a eterna frase:
Assim, “Todos Viverão Felizes Para Sempre”!
“Enredo dedicado ao Estatuto da Criança e do Adolescente, à toda Rede de Proteção na luta incansável pela Garantia de Diretos de Nossas Crianças e Adolescentes, aos Conselheiros Tutelares de todo Brasil e à Memória do Menino Bernardo, nosso Pequeno Ser de Luz, nosso “SER CRIANÇA”.

https://www.facebook.com/GRES.CANTODAALVORADA/photos_albums

https://www.facebook.com/GRES.CANTODAALVORADA/photos_albums
PRESIDENTE: Carlos Alberto Damasceno.
DIRETOR DE CARNAVAL: Maria Elisa A. C. Moraes
CARNAVALESCO: Flávio Campello.
PESQUISA E TEXTO: Felipe Diniz

Mais contato com a escola de samba:
https://www.facebook.com/search/top/?q=Gres%20Canto%20Da%20Alvorada%20Canto%20da%20Alvorada

Parabéns a  escola  de Samba pela belíssima escolha tema envolvente e atraente. Sucesso na avenida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário